Como parar de beber? uma breve avaliação do álcool.

O início de uma história de apreciação, até um desastre em âmbitos familiares, conheça um pouco sobre o álcool e seus perigos.

O Álcool se originou na pré-história, passando pelos tempos bíblicos, por regiões como o Egito, Grécia, babilônia, tempo da idade média e assim por diante, até ser uma substância tão consumida e visada hoje em dia em quase todo o planeta.Veja abaixo porque parar de beber é importante para melhorar sua saúde.

Mas o sua popularidade trouxe muito mais pesares que alegrias, sendo um problema agora comum de ser enfrentado e vencido, imerso a intensa propaganda e exemplos da mídia, o que trouxe a tona o consumo excessivo de álcool ou, alcoolismo.

Alcoolismo

Alcoolismo: é uma doença psiquiátrica, com sintomas que prejudicam muito o corpo e a mente. Ela se caracteriza pela dependência do álcool, obsessão por ele e uma imensa dificuldade em conseguir abandonar o vício.

As sensações de estar embriagado

  • Agitação e euforia;
  • Fala arrastada;
  • Dificuldades com a coordenação motora;
  • Diarreia;
  • Náuseas e vômitos;
  • Rubor facial;
  • Impulsividade;
  • Dor de cabeça;
  • Percepção alterada;
  • Dificuldade de respirar;

Claramente, chegar ao estado de embriaguez é estar entre o céu e o inferno. Você limpa a sua mente por pouco tempo, ou acha que sim, só se foca  em aproveitar a alegria da embriaguez sem ligar para o amanhã, não é de se espantar no porquê de muitos se tornarem alcoólatras, todavia o outro lado das sensações do corpo é diferente do que se espera.

Problemas que são ocasionados pela bebida

Danos hepáticos

A Partir do acúmulo de gordura no fígado pode ser evoluído para uma hepatite e posteriormente ocasionar uma cirrose no organismo, que se descreve como a criação de cicatrizes e insuficiência hepática. A cirrose no caso pode ser tratada, entretanto, precisa de total abstinência do álcool, o que muitos não conseguem.

Pancreatite e diabetes

A insulina precisa carregar a glicose pelo corpo, para ela se tornar  fonte de energia,quando ocorre então uma insuficiência hepática o fígado não consegue produzir ou utilizar o bastante da substância, portanto, o álcool vai atuar no trato digestivo, com ação no fígado, isso pode levar a inflamações que destruíram as células que produzem insulina, assim os tornando diabéticos.

Câncer

Como também chamado tumor maligno é o crescimento da forma desordenada das células do organismo, elas se juntam formando tumores que num processo de metástases pode invadir outros órgãos. As propriedades do álcool aceleram e causam esse processo devastador. A bebida por ocasionar o desenvolvimento de diversos cânceres, inclusive, os do aparelho digestivo.

Síndrome do alcoolismo fetal 

Ao ser ingerido pela mãe ele adentra o corpo do bebê por meio da corrente sanguínea, como os órgãos do bebê ainda estão se formando ele não consegue realizar as ações para eliminar o álcool do organismo. Ele no processo de desenvolvimento do feto o deixa tão vulnerável a ponto de atrapalhar o seu processo de formação.

Tudo que uma gestante fizer de mal para o seu corpo é prejudicial ao feto.

Alterações circulatórias

As alterações circulatórias estão relacionadas com distúrbios que acometem a irrigação sanguínea e o equilíbrio hídrico, por conta do endurecimento das artérias o álcool mexe com a circulação sanguínea, que com a pressão arterial maior pode levar a um AVC.

Gastrite e úlceras

A úlcera é uma lesão ou inflamação na mucosa do estômago, ela ocorre quando é produzido o ácido clorídrico para a digestão de alimentos, assim que o álcool agirá, a gastrite e úlceras podem surgir no esôfago, intestino ou estômago.

Aterosclerose

Então voltando ao fígado, o álcool prejudica os níveis do colesterol bom situado (HDL), e gerando um acúmulo maior de LDL, que por estar nas paredes da artéria e dentro dela, o que restringe o fluxo sanguíneo, levando a grandes complicações este se denomina aterosclerose.

Síndrome de wernicke-korsakoff

Conforme a falta de Tiamina, a vitamina B1, causar muito problemas no corpo, como o organismo por conta do excesso de álcool não consegue metabolizar muito nutrientes, a escassez deste pode levar a síndrome, portadores delas podem ter distúrbios mentais, problemas oftalmológicos e paralisia nos músculos.

Morte

De fato a overdose, que se classifica pela intoxicação de álcool torneando uma quantidade de cerca de 5g pode levar à morte, como até por meio de um edema cerebral, as complicações envolvendo todos os outros problemas anteriores também podem levar á falência.

Como tratar o alcoolismo

Para parar de beber precisa fazer um tratamento de alcoolismo deve ser conjunto, por um acompanhamento com médico, psicólogo, medicação, suplementação, assistência social e até mesmo grupos de apoio.

Qualquer ajuda é necessária visando o empenho de vencer o vício, na realidade a pessoa nunca deixa de ter probabilidade de voltar à beber. Por isso é necessário todo um esforço.

Efeitos da abstinência

Durante o período de abstinência, sintomas como tremores, taquicardia, hipertensão, náuseas e vômitos, suor excessivo, ansiedade, irritabilidade, insônia e aumento da temperatura corporal. Devem ocorrer, é o seu corpo lutando pela substância nociva em que foi acostumado. Felizmente, essa fase tem um tempo curto, e varia em cada caso ,é vital não desistir.

Melhora a longo e curto prazo

O progresso após parar de beber vai envolver economia de dinheiro, por não ter mais que gastar tanto em bebidas. Uma qualidade maior de sono, também melhora em âmbito geral da saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *